Outubro Rosa: Secretaria de Saúde promove campanha preventiva ao câncer de mama

Atividade voltada à saúde da mulher será realizada durante este mês em Aracoiaba; caminhada, carreata e o Dia D, deverão mobilizar grande número de pessoas.
Começou na última quinta-feira (1º) a campanha nacional “Outubro Rosa”, também promovida em Aracoiaba pela Prefeitura por meio da Secretaria de Saúde. O principal intuito é mobilizar a sociedade sobre a importância do exame preventivo de câncer de mama e diagnóstico precoce.

Durante todo o mês, Consultórios Municipais do município intensificarão as atividades para a detecção do câncer de mama e do colo do útero.

Os profissionais de saúde estão preparados para orientar as pacientes sobre a prevenção do câncer de mama. “É nosso objetivo incentivar mulheres com mais de 40 anos a realizar o autoexame das mamas, além de passarem por exames de mamografia e pela coleta do papanicolau. A orientação é que especialmente este público não deixe de fazer a mamografia, um exame de raio-X que permite identificar nódulos cancerígenos”, esclarece a enfermeira.

O secretário de Saúde de Aracoiaba, Jonas Campelo, diz que por meio dessa campanha é possível chamar a atenção do público feminino sobre o câncer de mama.“Não podemos deixar com que uma causa tão importante quanto essa fique restrita apenas a este período. O autoexame e consultas médicas em intervalos mais curtos ampliam o diagnóstico precoce, essencial para o tratamento adequado da doença. Também é aconselhado que as mulheres aproveitem para agendar o exame de Papanicolau, para o diagnóstico de câncer de colo do útero”.

As Unidades de Saúde estão todas decoradas em rosa, com os funcionários vestidos com a camiseta da campanha. A Secretaria ainda está em parceria com diversas instituições da cidade para mobilizar o maior número de mulheres nesta campanha. Serão promovidas palestras em escolas, atendimentos e orientações nas Unidades de Saúde.

O Outubro Rosa foi criado no início da década de 90, mesma época em que o símbolo da prevenção ao câncer de mama, o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, promovido anualmente em diversos países.

Sintomas
Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações, inclusive no mamilo, ou aspecto semelhante à casca de laranja. Secreção no mamilo também é um sinal de alerta. O sintoma do câncer palpável é o nódulo (caroço) no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo. Mais comum entre as mulheres, ele responde por 22% dos casos novos a cada ano.

Prevenção
Evitar a obesidade, através de dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o câncer de mama, uma vez que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença. A ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada, é contraindicada, pois é fator de risco para esse tipo de tumor.
Embora a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos, mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas antes dos 50 anos, apresentam maior risco de desenvolver a doença. Esse grupo deve ser acompanhado por médico a partir dos 35 anos.


Primeira menstruação precoce, menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 anos e não ter tido filhos também constituem fatores de risco para o câncer de mama.

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews