Ads Top

Paróquia de Itapiúna vai reinaugura Igreja do século XVIII no distrito de Itans

No sábado, dia 15, ás 17 horas, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição realizará reinauguração da Igreja de Nossa Senhora da Assunção no distrito de Itans, na ocasião acontecerá Missa presidida pelo Bispo Diocesano de Quixadá Dom Ângelo Pignoli e concelebrada pelo Pároco Antônio Firmino, também contará com a presença da Diva Maria Freire Figueiredo - Superintendente do IPHAN no Ceará, José Ramiro Teles Beserra - Arquiteto do IPHAN e Thalison dos Santos - Arqueólogo do IPHAN.


A Capela foi edificada na primeira metade do século XVIII (entre 1720-1740) e que guarda filiação com a arquitetura de transição entre o Maneirismo e o Barroco. É uma capela jesuítica, um raro exemplar desse tipo existente no Ceará e por possuir um alpendre lateral, geralmente destinado à catequese dos nativos.

Os trabalhos de escavação arqueológico e restauro arquitetônico tiveram início no dia 9 de março do concorrente ano e a conclusão deu-se neste mês. É importante salienta a exitosa parceria entre a Paróquia de Itapiúna e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, os recursos utilizados para restauração e escavação eram estimados em 265 mil proveniente de uma medida compensatória de TAC.

Nas escavações foram identificadas as antigas fundações, sepulturas, artefatos religiosos vinculados aos sepultamentos (rosários, medalhas, botões), fragmentos de louça portuguesa e inglesa, além de artefatos indígenas pré-históricos. Foram recompostos todos os telhados conforme a técnica original, utilizando-se madeira de lei nativa (aroeira, pau d'arco, sucupira). Todos os pisos foram restaurados como o original encontrado nas escavações. Na nave foi refeito todo o piso em madeira com as divisões das sepulturas identificadas. Todas as portas e janelas antigas foram restauradas e foram refeitas igual ao original as portas em almofadas que haviam sido removidas na reforma de 1994. Foi refeita toda a instalação elétrica. Foi recomposto o antigo alpendre, elemento raro nas igrejas coloniais do Brasil.

“É uma das igrejas mais antigas do Ceará junto com as de Icó, Aracati e Viçosa. Possui um rico acervo artístico integrado com imagens barrocas, púlpito, retábulo além de um antigo forro com pinturas artísticas que foi removido irresponsavelmente na reforma de 1994” salientou Ramiro Teles Arquiteto do IPHAN no Ceará.


A igreja é tombada a nível municipal, mas o IPHAN já estuda seu tombamento a nível federal como monumento nacional e já existe processo administrativo aberto. 
Tecnologia do Blogger.

Entre em Contato