Hítalo Távora concede entrevista ao site Itapiúna News

Nesse sábado, dia 21, o Advogado e futuro Diplomata Hítalo Távora concedeu entrevista ao site Itapiúna News falando sobre sua vida Acadêmica e o intercâmbio na Europa.


Um diplomata é responsável por representar o Brasil em qualquer discussão que envolva outras nações ou organismos internacionais. É ele quem busca solucionar os conflitos envolvendo os interesses brasileiros, negocia acordos que tragam benefícios ao nosso país e promove nossa cultura no exterior. Ele é o condutor de nossa política externa, em qualquer tema discutido: comércio exterior, proteção de direitos humanos, discussões sobre meio ambiente e tecnologia fazem parte do dia a dia de um diplomata.

Confira abaixo a entrevista

Como nasceu o seu interesse em ser diplomata?
Hítalo Távora: Surgiu durante o curso de Direito. Quando entrei na Universidade, já sabia inglês e espanhol, então minha professora me sugeriu pesquisar sobre a carreira diplomática. Então gostei da profissão e desde 2009 me preparo para ser um diplomata brasileiro.

Quais as principais dificuldades enfrentadas na vida acadêmica?
Hítalo Távora: Eu não tive muitas dificuldades quando entrei na Universidade, mas acredito que um curso superior exige mais responsabilidade do estudante em relação a tempo de estudo, boas notas e assiduidade às aulas.

Qual a importância do apoio familiar na sua vida de estudante?
Hítalo Távora: Fundamental. Meus pais sempre me incentivaram a estudar e nunca mediram esforços para que eu completasse meus estudos.

Como você ingressou nesse intercâmbio?
Hítalo Távora: Ingressei em 2010 quando um escritório da Escola Education First (EF) foi aberto em Fortaleza. A minha primeira viagem aconteceu no mesmo ano para Oxford, Inglaterra. A EF é uma instituição internacional privada que tem escolas no mundo todo.

Como foi sua primeira viagem e quais as experiências tiradas dela?
Hítalo Távora: Oxford é uma cidade incrível. Tem uma das 10 melhores universidades do mundo. As principais experiências foram morar um mês com uma família inglesa e fazer amigos de todas as partes do mundo, seja do Japão, da Índia, do Vietnã, da África do Sul, da Colômbia, enfim, tive contato com vários estudantes e culturas.

O que mais chamou sua atenção durante suas viagens?
Hítalo Távora: O Brasil vem passando por grandes transformações nos últimos 20 anos. No governo FHC houve a estabilização da moeda e da economia. No governo Lula, a distribuição de renda, através de programas sociais. Hoje, o Brasil não é apenas um produtor de gêneros primários, como café e açúcar, mas um país que produz aviões (Embraer), carros, biocombustíveis, há alguns anos passou a ser credor internacional, participa de missões de paz da ONU, enfim, o Brasil é o país do presente. Claro que melhorias ainda devem ser feitas. Nessas viagens à Europa, o sistema de transporte sempre me chama a atenção porque funciona muito bem, seja ônibus, avião ou trem. Acredito que esse sistema de transporte público europeu poderia ser mais bem visto pelo governo brasileiro.

Considerações

Hítalo Távora: Esse intercâmbio começou há um mês quando estive em Londres, hoje estou na França e a partir da próxima semana vou pra Barcelona, na Espanha. Como eu disse no início da entrevista, ter o domínio do inglês, do francês e do espanhol é fundamental para ser um diplomata. Obrigado pela entrevista e até mais !

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews