Crianças do Ceacri são destaques da Quarta Cultural Maciço de Arte desta semana

A Quarta Cultural Maciço de Arte do dia 01 de outubro realiza apresentações de peças teatrais com os títulos “A Porção Magica”, “O Público” e “O Suicida”. Os espetáculos acontecem às 18:30h, no anfiteatro do Campus da Liberdade.
As apresentações teatrais são dos Grupos de Teatro “Vendedores de Palavras” e “Teatro Mundo Mágico”, da cidade de Itapiúna/CE. Os grupos são do Centro de Apoio à Criança (CEACRI) e ambos surgiram do resultado de oficinas de teatro do projeto “Cantos e Encantos da Cidadania”. Após os espetáculos acontecerá um debate com Fernando Lira, autor dos textos de duas peças.

Antes das apresentações, às 17h, na Área de Convivência, também do Campus da Liberdade, acontecerá a performance “Outubro ou Nada” do projeto de extensão “Curso de Teatro Corpoema”, coordenado pelo professor Ivan Maia de Mello. O curso teve duração de um ano e abordará o tema “A ludicidade, a captura pelas malhas do poder, a libertação coletiva e a expressividade corpoética da liberdade”. O texto foi construído a partir de colagem de poemas de vários autores.
Porção Mágica
Grupo: Mundo Mágico
Texto e direção: Idhen Lima
Duração: 8 minutos
Autor: Idhen Lima
Tema: Os cuidados que devemos ter com uso das redes sociais por crianças
Tipo: Infantil
Conta a história de duas crianças, LILI e LU, que se encontram para brincar e no momento que estão brincando surge uma bruxa vinda do reino do norte e interfere na relação das duas com o uso de porções mágicas promovendo a discórdia entre elas. Esta bruxa faz uso de uma rede social de nome “sociobruxas” para coletar fotos e escolher suas vítimas para semear intriga entre as crianças dos reinos do sul e do norte.
O Suicida
Grupo: Vendedores de Palavras
Autor: Fernando Lira
Direção: Idhen Lima
Duração: 9 minutos
Tema: A valorização da vida
Tipo: Drama
O Suicida é uma esquete que trabalha o diálogo entre uma personagem e seus conflitos, suas dúvidas e seus desacertos com a vida. Embora aconteça o suicídio propriamente, o drama provoca uma reflexão sobre a importância de preservar a vida e a necessidade humana de perseverar sobre tudo, em vida, a “esperança” para não desistir nunca dos sonhos.
O Publico
Grupo: Vendedores de Palavras
Autor: Fernando Lira
Direção: Idhen Lira
Duração: 9 minutos
Tema: A relação entre público e espetáculo.
Tipo: Comédia
A trama acontece quando Monique convida a amiga Patrícia para assistir uma peça de teatro. Elas atuam e vivem como é ser personagens e público ao mesmo tempo. Esta relação norteia o entendimento das duas, sobre: quem é quem? Afinal, quem assiste quem, no teatro? Os atores ou o público?
Fernando Lira
É doutor em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2008). Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (1999), graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (1985), mestrado em Engenharia Elétrica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1989) e mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Dramaturgia, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro infantil, peça teatral e comédias. Foi contemplado quatro vezes (2005, 2008 e 2010, 2012) com o programa BNB de Cultura para produção e publicação de textos dramatúrgicos de sua autoria. Atualmente, ensina no curso de Licenciatura em Artes Cênicas do IFCE (Instituto Federal do Ceará), é coordenador do Grupo de Pesquisa Comicidade, Riso e Experimentos (CRISE) na mesma instituição.
Conheça a instituição CEACRI
O Centro de Apoio à Criança (CEACRI,) fundado em 30 de dezembro de 1987, é uma entidade filantrópica filiada ao Child Fund Brasil, na cidade de Itapiúna/CE. A entidade dá oportunidade à comunidade a participação em atividades dos projetos sociais direcionados as áreas de saúde, nutrição, educação, socialização e profissionalização, visando o resgate da cultura, da dignidade, do processo de cidadania e da participação conjunta da comunidade, tendo como foco pessoas carentes atendidos pela entidade.
O teatro é uma das sete atividades desenvolvidas e tem o apoio do Projeto Criança Esperança.

Com informações da UNILAB 

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews