Agricultores continuarão recebendo o Garantia-Safra até o início do pagamento da safra de 2014

Todos os municípios cearenses já aderiram ao Garantia-Safra. A informação é do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), que acompanhou o cadastramento dos agricultores e dos municípios.


Segundo o coordenador de Crédito Rural e Políticas Afins da SDA, Arimatéa Gonçalves, os 181 municípios com características rurais aderiram ao benefício. Cada município pagou R$ 38,25 por agricultor cadastrado. “No Estado do Ceará, somente e Fortaleza e Eusébio não têm características rurais, por isso estão fora do cadastramento”, informou.

Somente com o Garantia-Safra, R$ 295,219 milhões estarão a disposição dos agricultores familiares caso seja confirmado mais um ano de estiagem. Para a safra 2013-2014, o Governo do Estado investiu R$ 26,395 milhões aproximadamente para que os agricultores familiares recebam o benefício. A União paga R$ 255, por agricultor cadastrado. “Isso representa R$ 284 milhões entrando na economia do Ceará para compensar o agricultor, caso se confirme outro ano de seca, disse o Secretário Nelson Martins.

O Ceará é o Estado que apresenta o maior número de agricultores cadastrados no benefício em todo o país desde 2012. “O Ceará é o Estado que mais se destaca no cadastramento de agricultores familiares, este ano estão cadastrados no programa 334.113 agricultores familiares”. O pagamento do benefício devem começar entre os meses de maio e junho, caso as previsões de estiagem no Estado sejam confirmadas.

O secretário Nelson Martins informou também que os agricultores já cadastrados continuarão recebendo o benefício até o início do pagamento da safra de 2014.

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews