Famílias cujos filhos tenham mudado de escola em 2014 devem comunicar ao Departamento de Cadastro Único de Itapiúna

Com início do ano letivo, as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família com filhos entre 6 e 17 anos que irão trocar de escolar em 2014 devem comunicar a mudança ao Departamento do Cadastro Único na sede da Secretaria do Trabalho e Assistência. A comunicação dessas alterações é fundamental para que acompanhamento da frequência escolar seja feito corretamente e, consequentemente, para a manutenção do beneficio.


O Departamento do Cadastro Único de Itapiúna realiza atendimento de segunda a quarta-feira, sendo que pela manhã a partir das 8 horas atende pessoas da zona rural do município e já período da tarde, a partir das 14 horas, atende famílias da sede.

“Quando um aluno muda de escola e essa mudança não é registrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o governo não consegue fazer acompanhamento da frequência escolar e não é possível saber se o estudante cumpre ou não a condicionalidade de educação”, explica o coordenador-geral de Acompanhamento de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate á Fome (MDS), Marcos Maia.


Manter os filhos matriculados e frequentando as aulas é um dos compromissos que os beneficiários assumem ao serem incluídos no Programa Bolsa Família. A frequência escolar mínima é de 85%, para estudantes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos. Na área da saúde, é exigida a realização de consultas de pré-natal pelas gestantes e a vacinação das crianças de 0 a 6 anos. 

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews