Primeiro Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário da Rede Pública do Ceará.

O Governo do Estado através da Secretaria da Saúde do Estado (SESA), divulgou nesta quinta-feira (3) que está em operação o Primeiro Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário da Rede Pública do Ceará.
Segundo informações da SESA, depois da fase de validação para
instalação e ajuste de equipamentos,
formação e capacitação da equipe
profissional, está em operação o
primeiro Banco de Sangue de Cordão
Umbilical e Placentário da rede pública
do Ceará, com a meta de receber 30
doações por mês e em quatro anos
atingir a capacidade de 3,6 mil
amostras de sangue de cordão
umbilical, material rico em células-
tronco hematopoéticas, essenciais
para o transplante de medula óssea. O
banco, construído e estruturado no
Hemoce, Avenida José Bastos, 3390,
vai coletar, testar, processar,
armazenar e liberar células-tronco
para a realização de transplantes de
medula óssea para quem não dispõe
de um doador na família.O banco público de cordão umbilical e
placentário do Ceará funciona com
uma equipe de farmacêuticos,
enfermeiros e biólogos, sob a
coordenação médica do hematologista
Fernando Barroso. Integra a Rede
BrasilCord, que tem 12 unidades
inauguradas, das 13 planejadas para
funcionar até este ano no Brasil.

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews