Quatro açudes continuam sangrando no Ceará.

Apesar das poucas chuvas
apresentadas nos últimos dias, quatro
açudes continuam sangrando no
estado do Ceará. Os açudes que
apresentam volume acima de 100%
são: Junco, no município de Granjeiro,
Ubaldinho, no município de Cedro,
ambos reservatórios da Bacia
Hidrográfica do Salgado, Muquém, no
município de Cariús, e Valério, no
município de Altaneira, localizados na
Bacia Hidrográfica do Salgado.
Dos 138 açudes monitorados pela
Companhia de Gestão dos Recursos
Hídricos (Cogerh) em parceria com o
Departamento Nacional de Obras
Contra as Secas (DNOCS), oito
apresentam volume acima de 90%,
são eles: Gavião (94,25%), no
município de Pacatuba, Tijuquinha
(98,25%), no município de Baturité,
Quandú (96,90%), no município de
Itapipoca, Orós (95,44%), no
município de Orós, Trussu (98,63%),
no município de Iguatu, Olho D´água
(94,21%), no município de Várzea
Alegre, Rosário (98,52%), no
município de Lavras da Mangabeira, e
Tatajuba (99,65%), no município de
Icó.
Outros dez açudes apresentam volume
acima de 80%, dentre eles: Cachoeira
(84,04%), no município de Aurora,
Quixeramobim (89,87%), no município
de Quixeramobim, Acaraú Mirim
(86,12%), no município de Massapê, e
Gangorra (83,85%), no município de
Granja. Mesmo com a estação
chuvosa abaixo da média, fato que
tem despertado ainda mais atenção da
Cogerh no gerenciamento de suas
ações, o volume acumulado nos
reservatórios do Ceará é considerado
confortável. Atualmente o volume é de
12.603.866m3 (Doze bilhões,
seiscentos e três milhões e oitocentos
e sessenta e seis mil metros cúbicos)
de litros d´água, o que representa
69,75% da capacidade total do
Estado.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Cogerh.

Editor Chefe Marcelino Martins

Graduando do Curso de Marketing e pós-graduando no curso de Gestão Estratégica em Marketing Digital.
Facebook: http://www.facebook.com/marcelinoitapiunanews